Este excerto provém do capítulo introdutório do famoso livro escrito por U. L. Olvor-Dipps em 1786 D.A., intitulado Considerações Sobre o Primeiro Império.

“Amorsleanos, Ulmaran, Llaenalen, povos das ilhas de Fund. Todos eles descendem dos Miranai e dos Cyriae, os dois povos do grande Império Miranai para lá das Cordilheiras de Garus. Obliterado pelas consequências catastróficas das acções da Rael Vanellis Pathos, o primeiro e único Imperador do Primeiro Império; o território, antes constituído pelas extensões planálticas e desérticas de Miran a Este, atravessadas pelos terrenos férteis do grande Rio Lates; e pelas planícies verdejantes dos Cyriae a Oeste, a Vastidão é hoje uma terra proibida, na qual nenhum explorador se atreve a aportar […]  O Advento matou animais e plantas, contaminou os ares e as águas. O Lates que antes cursara com o mais puro dos fluídos diz-se que despeja hoje veneno nos mares. A terra que os nossos antepassados abandonaram na sua fuga do cataclísmico Advento é hoje em dia um vasto deserto, percorrido apenas for fantasmas e abominações […] “

Advertisements